Ato Público na UniverCidade, dia 02/09

Notícias

Em cumprimento à deliberaç?o da última assembleia dos professores, realizada no dia 21 de agosto - que decidiu por manifestaç?es pontuais por unidades da instituiç?o -, convocamos os(as) companheiros(as) para a retomada da luta.

Há anos, a situaç?o da "UniverCidade", sob o ponto de vista trabalhista, permanece a mesma:

- N?o pagamento dos salários;
- N?o recolhimento do FGTS dos professores e funcionários;
- Dívida do 13º de 2007 dos professores e funcionários;
- Política de demiss?es sem pagamento de direitos legais, entre outras irregularidades.


Quando questionada pelo Sindicato, a resposta da instituiç?o é sempre a mesma: inadimplência dos alunos, concorrência e altos juros bancários dos empréstimos que faz...

"Educaç?o n?o é mercadoria"

Apesar da mercantilizaç?o ser a principal diretriz do modelo de gest?o acadêmica adotado no Centro Universitário da Cidade, com o consequente sacrifício da qualidade do ensino, precarizaç?o dos cursos, afetados pela flexibilizaç?o da grade curricular, o Sinpro-Rio, junto com os professores e estudantes, vem a público repudiar tais práticas políticas e convocar a comunidade acadêmica para, junto com o Sindicato, levar às autoridades trabalhistas e educacionais tais irregularidades, exigindo medidas legais cabíveis que coíbam essas práticas.

Professores(as) e estudantes, juntem-se a esta luta. Educaç?o n?o é mercadoria: é bem público e direito constitucional de todos.

Ato público: 03/09 às 18h, em frente à instituiç?o no Méier (Rua José Bonifácio, 140).