Aulas presenciais: autoridades não se entendem e população vai contando seus mortos

Notícias


Aulas presenciais: autoridades não se entendem e  população vai contando seus mortos

O Sinpro-Rio vem a público, mais uma vez, para constatar que as autoridades dos executivos municipal e estadual estão perdidas em relação à prejudicial volta às aulas presenciais, tanto no âmbito público como no particular.
Enquanto milhares de pessoas vão morrendo por falta de organização, de método, de respeito à Ciência, integrantes dos executivos batem cabeça.
O que a população mais precisa neste momento é de atitudes firmes contra a pandemia. Nesta sexta-feira, enquanto o secretário estadual de Educação, Comte Bittencourt, afirmava que as escolas públicas e particulares seriam fechadas a partir de segunda-feira, dia 15, indo ao encontro do que o bom senso aponta, o governador interino, Claudio Castro, desautorizava o mesmo, dizendo que não há nada definido sobre o tema.
O governador fala em parceria, em situação totalmente colaborativa, mas o que se percebe é que estão perdidos. E, mais perdidos ainda estão professoras, professores, pais, responsáveis e familiares que têm sua saúde nas mãos de quem não toma atitude séria e comprometida com a vida.

Sinpro-Rio, em defesa da Educação e da Vida!