Gama Filho descumpre suas obrigações trabalhistas

Notícias

Mais uma vez, a Universidade Gama Filho não honra suas obrigações trabalhistas para com seus professores. Há muito tempo, o atraso de salários continua sendo a política da instituição.

Os docentes, até agora, não receberam o 13º salário de 2008. A universidade havia feito duas propostas de pagamento, uma para os salários atrasados e outra para o 13º, mas até agora não conseguiu cumprir nenhuma.

Vale lembrar que no dia 31 de março, os professores decidiram, em assembleia, a suspensão do estado de greve, dando-se um voto de confiança para instituição.

Diante do desrespeito e do cenário de incertezas em que vivem os professores da UGF, os docentes optaram por realizar uma nova assembleia no dia 7 de maio, às 18h, na Unidade Candelária, para decidirem os rumos do movimento.