Professores da UniverCidade e Gama Filho – AÇÕES INDIVIDUAIS

Notícias

10/02/2012

Nas reuniões realizadas no Sinpro-Rio com os professores da Gama Filho e Univercidade, nos dias 7 e 8 de fevereiro, respectivamente, a advogada Rita Cortez orientou os presentes a aguardar o desfecho das ações coletivas movidas pelo Sindicato, até porque este caminho, hoje, se apresenta como sendo mais correto e favorável aos professores.

Entendendo, por outro lado, a situação individual de alguns docentes que não querem, em hipótese alguma, aguardar o andamento das Ações Civis Públicas - ACPUs, optando por rescindir o contrato de emprego de forma imediata, a advogada da Cortez e Xavier - AJS, escritório que patrocina as ações e assessora o Sindicato no atendimento aos professores universitários, apresentou uma proposta de solução judicial individual que não entra em conflito com o que está sendo debatido nas ações coletivas.

Os professores que estiverem interessados em conhecer a via judicial que está sendo orientada pela AJS deverão procurar o Sindicato para agendar consulta com os advogados do escritório, através do estagiário da AJS, Marcelo Luis Pacheco, no telefone 3262-3430, no horário das 15 às 17h30. Informamos que os casos individuais ligados à situação da Gama Filho e UniverCidade estão sendo agendados com prioridade de atendimento pelos advogados.

O Sinpro-Rio também disponibilizou um email exclusivo aos professores da UniverCidade e da Gama Filho, como mais um canal de comunicação, dúvidas e denúncias: profgamacidade@sinpro-rio.org.br

Entendendo, por outro lado, a situação individual de alguns docentes que não querem, em hipótese alguma, aguardar o andamento das Ações Civis Públicas - ACPUs, optando por rescindir o contrato de emprego de forma imediata, a advogada da Cortez e Xavier - AJS, escritório que patrocina as ações e assessora o Sindicato no atendimento aos professores universitários, apresentou uma proposta de solução judicial individual que não entra em conflito com o que está sendo debatido nas ações coletivas.

Os professores que estiverem interessados em conhecer a via judicial que está sendo orientada pela AJS deverão procurar o Sindicato para agendar consulta com os advogados do escritório, através do estagiário da AJS, Marcelo Luis Pacheco, no telefone 3262-3430, no horário das 15 às 17h30. Informamos que os casos individuais ligados à situação da Gama Filho e UniverCidade estão sendo agendados com prioridade de atendimento pelos advogados.

O Sinpro-Rio também disponibilizou um email exclusivo aos professores da UniverCidade e da Gama Filho, como mais um canal de comunicação, dúvidas e denúncias: profgamacidade@sinpro-rio.org.br

Os professores que estiverem interessados em conhecer a via judicial que está sendo orientada pela AJS deverão procurar o Sindicato para agendar consulta com os advogados do escritório, através do estagiário da AJS, Marcelo Luis Pacheco, no telefone 3262-3430, no horário das 15 às 17h30. Informamos que os casos individuais ligados à situação da Gama Filho e UniverCidade estão sendo agendados com prioridade de atendimento pelos advogados.

O Sinpro-Rio também disponibilizou um email exclusivo aos professores da UniverCidade e da Gama Filho, como mais um canal de comunicação, dúvidas e denúncias: profgamacidade@sinpro-rio.org.br

O Sinpro-Rio também disponibilizou um email exclusivo aos professores da UniverCidade e da Gama Filho, como mais um canal de comunicação, dúvidas e denúncias: profgamacidade@sinpro-rio.org.br