10º Consinpro aponta diretrizes para o Sindicato

Notícias

Nos dias 16, 17 e 18 de setembro, foi realizado o 10º Congresso do Sindicato dos Professores do Município do Rio de Janeiro e Regi?o (10º Consinpro), que reuniu 220 delegados eleitos pelas escolas dos municípios do Rio de Janeiro, Seropédica, Paracambi e Itaguaí.

Participaram da mesa de abertura do congresso, contribuindo para o alto nível dos debates, o representante do Ministério da Educaç?o (MEC) no Rio de Janeiro, professor Cícero Fialho; o presidente da CUT-RJ, Darby Igayara; o secretário de Assuntos Educacionais da Confederaç?o Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Contee), professor José Thadeu Rodrigues de Almeida; o professor Sidney Drago, representando o Colégio Pedro II; e o coordenador da Federaç?o dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino do Rio de Janeiro (Feteerj), Luiz Alberto Wiechers Grossi.

Realizado no teatro Mário Lago, dentro da unidade S?o Cristóv?o do Colégio Pedro II, o 10º Consinpro aprovou as duas teses apresentadas aos delegados como "teses guia" e indicadoras das aç?es do sindicato para os próximos anos. Tal fato foi possível porque elas apontavam para diretrizes que n?o se contradiziam. S?o elas a Tese da Diretoria, intitulada "Sustentaç?o Financeira e o Papel do Sindicato na Construç?o da Plano Nacional de Educaç?o", e a tese 2, chamada "Pensar a Educaç?o no Brasil é pensar o papel do professor e de seu sindicato".

Na próxima ediç?o do Jornal do Professor e na Revista do 10º Consinpro, você poderá conferir outros detalhes sobre o Congresso.