Alerta a professores do Colégio Rio de Janeiro

Sem categoria

Aposentados do Colégio Rio de Janeiro que continuam trabalhando na instituição devem procurar o Sindicato para se prevenirem contra a supressão de pagamento de seus triênios. A recomendação é do diretor Octavio, que esteve no dia 26 de setembro em mesa redonda na DRT, representando o Sinpro-Rio.

"Fui à escola, conversei com alguns professores e descobri que eles não estavam recebendo mais os triênios relativos ao período anterior à aposentadoria. Por isso requisitei a mesa redonda", contou Octavio.

Os professores podem procurar o diretor, que dá plantão nas sextas-feiras à tarde, no 2º andar da sede, situada na Rua Pedro Lessa, 35.

Na mesma data, em outras duas mesas redondas suscitadas pelo Sinpro-Rio, os diretores Joacy e André Jorge pediram fiscalização do Ministério do Trabalho na Escola Valdomiro Antonio Serafim, em face de sua ausência injustificada ao encontro, e o Colégio Castro e Silva recebeu prazo de 30 dias para contestar as irregularidades denunciadas pelo Sindicato, como pagamento abaixo do piso, não pagamento de 13º, CTPS não assinada, etc.