04/10/2014

Reunidos em assembleia da Educação Superior, no Sinpro-Rio, os professores aprovaram a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) de 2014 com:

– reajuste de 3,09%, a partir de abril, sobre os salários pagos em março;

– reajuste de 6,18%, a partir de agosto, sobre os salários pagos em março;

– 8% de abono no mês subsequente à aprovação da CCT;

– regulação das atividades do professor-tutor na Educação à Distância (EaD), com piso de R$24,58;

– manutenção e ampliação das paritárias;

– inclusão de cláusulas de licença sindical.

A assembleia também deliberou pelo início imediato da Campanha Salarial 2015. O sindicato patronal fará sua assembleia no dia 13 de outubro para aprovar o acordo.

– reajuste de 3,09%, a partir de abril, sobre os salários pagos em março;

– reajuste de 6,18%, a partir de agosto, sobre os salários pagos em março;

– 8% de abono no mês subsequente à aprovação da CCT;

– regulação das atividades do professor-tutor na Educação à Distância (EaD), com piso de R$24,58;

– manutenção e ampliação das paritárias;

– inclusão de cláusulas de licença sindical.

A assembleia também deliberou pelo início imediato da Campanha Salarial 2015. O sindicato patronal fará sua assembleia no dia 13 de outubro para aprovar o acordo.

– reajuste de 6,18%, a partir de agosto, sobre os salários pagos em março;

– 8% de abono no mês subsequente à aprovação da CCT;

– regulação das atividades do professor-tutor na Educação à Distância (EaD), com piso de R$24,58;

– manutenção e ampliação das paritárias;

– inclusão de cláusulas de licença sindical.

A assembleia também deliberou pelo início imediato da Campanha Salarial 2015. O sindicato patronal fará sua assembleia no dia 13 de outubro para aprovar o acordo.

– 8% de abono no mês subsequente à aprovação da CCT;

– regulação das atividades do professor-tutor na Educação à Distância (EaD), com piso de R$24,58;

– manutenção e ampliação das paritárias;

– inclusão de cláusulas de licença sindical.

A assembleia também deliberou pelo início imediato da Campanha Salarial 2015. O sindicato patronal fará sua assembleia no dia 13 de outubro para aprovar o acordo.

– regulação das atividades do professor-tutor na Educação à Distância (EaD), com piso de R$24,58;

– manutenção e ampliação das paritárias;

– inclusão de cláusulas de licença sindical.

A assembleia também deliberou pelo início imediato da Campanha Salarial 2015. O sindicato patronal fará sua assembleia no dia 13 de outubro para aprovar o acordo.

– manutenção e ampliação das paritárias;

– inclusão de cláusulas de licença sindical.

A assembleia também deliberou pelo início imediato da Campanha Salarial 2015. O sindicato patronal fará sua assembleia no dia 13 de outubro para aprovar o acordo.

– inclusão de cláusulas de licença sindical.

A assembleia também deliberou pelo início imediato da Campanha Salarial 2015. O sindicato patronal fará sua assembleia no dia 13 de outubro para aprovar o acordo.

A assembleia também deliberou pelo início imediato da Campanha Salarial 2015. O sindicato patronal fará sua assembleia no dia 13 de outubro para aprovar o acordo.

<- Voltar