Deliberações da assembleia de 23/2 do Grupo Yduqs – Estácio/Ibmec:  professores em luta

O Sinpro-Rio realizou, em 23 de fevereiro, assembleia com professores do Grupo Yduqs: Estácio e Ibmec.

Nunca foi tão verdadeiro o entendimento de que educação não é mercadoria, diante do desrespeito e descumprimento legal no Grupo Yduqs.

Sob a coordenação do presidente do Sindicato, professor Elson Paiva, e com diretores de diversas secretarias e advogados do Sinpro-Rio, foram acolhidas informações dos professores com denúncias de desrespeito e abuso trabalhista que ocorrem naquelas instituições. 

Na representativa assembleia, foram apresentadas denúncias sobre o número excessivo de alunos em salas online, drástica redução de cargas horárias, com professores sofrendo, inclusive, o zeramento destas, e até diminuição salarial, como vem ocorrendo na disciplina de Orientação de Estágio.

Foi aprovado na ocasião uma convocação pelo sindicato de representantes da direção das Estácio/Ibmec para dar tratamento às demandas apresentadas pela categoria.

Foi ressaltada a necessidade de uma mobilização permanente dos professores com vistas a uma grande assembleia, que deverá ser realizada após a referida reunião com os patrões.

Sinpro-Rio – Sindicato do Professores do Município do Rio de Janeiro e Região

Em Defesa da Vida e da Educação

  • QUER SABER MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO? LEIA AQUI!

<- Voltar