Cândido Mendes continua em greve!

Sem categoria

Os professores da Universidade Cândido Mendes (UCAM) decidiram, nesta terça-feira, continuar em greve. O motivo é o atraso nos pagamentos dos salários desde julho, o não pagamento de férias, 13º salário e o não recolhimento do FGTS.

Os docentes reivindicam os pagamentos de julho, agosto e setembro até o próximo dia 7, quando farão uma nova Assembléia para decidir os rumos dos movimentos, e o salário de outubro até o dia 14 de novembro. Caso os salários não sejam regularizados, os professores continuarão em greve!

Próxima Assembléia dia 7/11, terça-feira, às 12h, na unidade centro, sala 410