Campanha Salarial 2010: Resultado da Assembleia da Educaç?o Básica

Notícias

No dia 27 de março, os professores da Educaç?o Básica do ensino particular se reuniram, em assembleia, para analisar a primeira etapa de negociaç?es da Campanha Salarial 2010. O presidente do Sinpro-Rio, professor Wanderley Quêdo, relatou o interesse do patronato para uma possível alteraç?o das Cláusulas Sociais, considerada pétreas por nossa categoria, como a gratuidade para os filhos dos professores (cláusula 15º) e a estabilidade provisória/aposentadoria (cláusula 17º). Sobre o reajuste salarial, Wanderley sinalizou que deve-se confirmar o reajuste INPC acumulado no período entre 1º de abril de 2009 e 31 de março de 2010 com ganho real, que será ainda será discutido nas paritárias, entre o Sinpro-Rio e o sindicato dos patr?es.

A diretoria do Sinpro-Rio apresentou proposta de reijeiç?o de qualquer mudança nas Cláusulas Sociais da Convenç?o Coletiva de Trabalho. Durante a assembleia, os professores aprovaram a proposta por unanimidade, e decidiram marcar, como forma de mobilizaç?o, uma caminhada na orla de Ipanema, no dia 18 de abril, domigo, às 9h. A manifestaç?o terá as seguintes bandeiras: férias em janeiro, pisos salariais dignos e saúde dos professores.

- Nosso objetivo é levar para sociedade a atual precarizaç?o das condiç?es de trabalho e os baixos pisos, que têm contribuído para o adoecimento da categoria - afirmou Wanderley.

A próxima assembleia da Educaç?o Básica será no dia 17 de abril, às 10h, na sede do Sindicato (Rua Pedro Lessa, 35, 2° andar).