Caso Galileo: UGF e UniverCidade

Notícias

27/01/2014

Edital do MEC indica participação do Sinpro-Rio na Transferência Assistida

O Sinpro-Rio, diante dos editais de transferência assistida, publicados em DOU, no dia 23 de janeiro de 2014, dando conta dos desdobramentos do descredenciamento da Universidade Gama Filho (UGF) e do Centro Universitário da Cidade (UniverCidade), vem a público reafirmar seu posicionamento.

Vale ressaltar que o Sindicato manifestou-se, desde o início, contrário à transferência de mantença para o Grupo Galileo, protocolando, inclusive, dossiê no MEC/Seres, no final do ano de 2011. Consideramos que o ato de descredenciamento destas IES foi desastroso para toda a comunidade acadêmica, com grandes repercussões no setor educacional nacional. O Sinpro-Rio mantém, portanto, suas ações diante do Ministério Público Federal (MPF), com vistas à intervenção e responsabilização criminal dos entes envolvidos.

Considerando ainda a viabilidade da proposta dos Magníficos Reitores das Universidades Federais do Rio de Janeiro de federalização, encaminhada em Nota Pública, propomos seu aprofundamento com a construção de um projeto mais consistente, a ser encaminhado ao MEC e entidades envolvidas.

Cientes de que as ações acima citadas não possuem soluções a curto prazo, e, ainda, diante da celeridade com que o processo de transferência assistida dos alunos tem se encaminhado - inclusive com a citação pública, na forma do edital, de participação do Sindicato no processo - o Sinpro-Rio não se afastará de suas responsabilidades para com a categoria na defesa de seus interesses e direitos. Nesse sentido, acompanharemos o processo de absorção do corpo docente da UGF e UniverCidade. Ao mesmo tempo, o Sindicato se coloca à disposição para ingressar com os processos trabalhistas pertinentes, com orientação do nosso corpo jurídico.

Por fim, o Sinpro-Rio não deixará de cumprir o seu papel social no apoio aos docentes, como também aos discentes e ao corpo técnico-siteistrativo de ambas as IES.

A Diretoria