Contra o retrocesso nos direitos, manifestantes tomam conta da orla de Copacabana

Notícias

Servidores Públicos e a Frente Brasil Popular realizaram no domingo, 05 de fevereiro, manifestação em Copacabana. Milhares de pessoas tomaram conta da orla em protesto aos retrocessos nos direitos dos trabalhadores. prejudicando toda a população brasileira. A tentativa de retirada de direitos vão do âmbito estadual ao federal, como o pacote de medidas do governador Pezão,à tentativa de privatização da Cedae e as reformas da Previdência e do Ensino Médio.

Em declaração ao informativo Brasil 247, o professor José Carlos Madureira, diretor do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação do Rio de Janeiro (Sepe), afirmou a respeito da Previdência: “A gente entende que a proposta que está circulando no Congresso Nacional hoje penaliza os trabalhadores. Em nenhum momento, a proposta de reforma da Previdência trata do outro lado do balcão, que são justamente os empresários e o Estado. Querem fazer uma reforma onde um lado pague a conta, que é o lado do trabalhador. E nós somos contra isso”.

Amanhã, terça-feira, os servidores públicos estarão na frente da Alerj, em nova manifestação. No mesmo dia, os trabalhadores da Cedae iniciarão paralisação. O Sinpro-Rio esteve presente na manifestação de domingo e estará também amanhã na frente da Alerj.

Veja fotos do ato aqui.