Demissões na Universidade Castelo Branco

Notícias

O Sinpro-Rio repudia as consequências advindas desta famigerada “Reforma Trabalhista”, estabelecida por este governo ilegítimo quando, mesmo durante as festividades de final do ano, sem qualquer complacência, atinge em cheio a classe trabalhadora, favorecendo única e exclusivamente os interesses do patronato.

Claro exemplo é o que está acontecendo com grande parcela de professoras e professores da Universidade Castelo Branco, demitidos sem maiores explicações e sem a garantia de seus direitos trabalhistas, em evidente desrespeito às instâncias institucionais inerentes à própria estrutura universitária.

O Sindicato, enquanto entidade representativa dos trabalhadores, está tomando as devidas providências, tanto jurídicas, quanto políticas, buscando impedir qualquer atentado aos direitos das professoras e professores daquela instituição privada de Educação Superior.

Professor/a da Universidade Castelo Branco, diante da gravidade da situação, você está sendo convocado/a para uma reunião na sede do seu sindicato, amanhã, dia 28 de dezembro, quinta-feira, às 10 horas, para orientações sobre essa situação e tomada de decisões.

LOCAL DA REUNIÃO: Sinpro-Rio, Rua Pedro Lessa, 35, 3º andar, Centro (próximo ao Metrô  Cinelândia).