Eduardo Suplicy palestra no Sinpro-Rio sobre renda mínima

Notícias

O ex-senador e vereador mais votado no Brasil, Eduardo Suplicy (PT), esteve na sede do Sinpro-Rio para falar sobre a renda mínima. Também conhecida como renda básica de cidadania, a proposta tem adeptos entre socialistas e liberais, sendo apontada como importante para a erradicação da pobreza.

A proposta vem sendo testada desde a década de 1960 na Alemanha, Dinamarca e Holanda. Nos últimos anos, foi testada em Macau, Finlândia, Estado do Alasca (EUA) e começou a ser testada no Rio de janeiro, no município de Maricá pelo prefeito Washington Quaquá (PT).

No evento, Suplicy ressaltou que a renda básica de cidadania é o resultado de trabalhos realizados por economistas, filósofos, cientistas sociais, de segmentos diferenciados. Para o vereador, dar condições de participação geral da riqueza da Nação, mediante uma renda básica, é a melhor maneira de se contribuir para a erradicação da pobreza absoluta, de melhorar distribuição da renda e de garantir de dignidade e liberdade.

O vereador da cidade de São Paulo informou que, ao longo dos tempos, Europa e Estados Unidos instituíram sistema similares com as formas de garantia de renda mínima. Estas medidas foram introduzidas no Brasil, principalmente a partir dos anos 90, como Bolsa-Escola, o Bolsa-Alimentação, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, seguro-desemprego, chegando ao projeto maior, que é o Bolsa- Família.