Estácio é denunciada ao MPT por perseguição ideológica

Notícias

Uma matéria publicada em revista de grande circulação informa que o Diretor do campus da Estácio, além de arrancar da sala da coordenação um calendário que possuía uma foto da vereadora Marielle Franco, promoveu o patrulhamento das redes sociais de duas professores que participaram da greve do dia 15 de maio.

Leia a matéria da Revista Época aqui.