IBGE divulga nova expectativa de vida e trabalhador perde

Notícias

O IBGE divulgou o mais recente estudo sobre a expectativa de vida da população, que achata mais ainda os vencimentos daqueles que vão se aposentar a partir de dezembro.

Para evitar esse rombo, tramita na Câmara, depois de ser aprovado pelo Senado, o Projeto de Lei n.º 296/2003 (PLS 296/03) que acaba com o fator previdenciário. De autoria do senador Paulo Paim (PT/RS), o PLS 296/03 propõe que o benefício seja calculado por meio da média aritmética dos últimos 36 salários de contribuição, apurados em período não superior a 48 meses.

O novo texto pretende "resgatar os critérios anteriores de cálculos dos benefícios previdenciários, evitando a utilização da Previdência Social como instrumento de ajuste das contas públicas", segundo o senador autor do projeto.

O fator previdenciário, que reduz o valor da aposentadoria, foi criado pela reforma da Previdência, em 1999, e considera a expectativa média de vida da população, segundo dados do IBGE.

Enquanto o Congresso não derruba o fator previdenciário, a expectativa de vida do brasileiro aumenta e com a aplicação desse dispositivo o trabalhador perde. Veja o estudo feito pela Fepesp fez sobre o tema.

Fonte - Contee