IEIC: Herdeiros impõem golpe fatal aos professores

Notícias

26/11/2015

O cinquentenário Instituto Educacional Imaculada Conceição (IEIC) foi fechado nesta quarta-feira, dia 25 de novembro, pela juíza Marisa Simões Mattos Passos, por falta de acordo entre os herdeiros, senhores Cristiane e Carlos Eduardo.

O instituto vinha sendo siteistrado judicialmente, há um ano, pelo senhor Felipe Campelo e um excelente grupo de coordenadores e, principalmente, um corpo docente que se mostrou dedicado tanto à luta por seus direitos quanto à reconstrução pedagógica e resgate da credibilidade do IEIC.

Entendemos que essa decisão – que caiu como uma bomba sobre as pretensões dos professores e equipe pedagógica, para 2016 – não levou em consideração o esforço de todos para recuperar os alunos, perdidos em 2014, e o importante papel social dos projetos da instituição na formação e encaminhamento de quase dois mil jovens e crianças das comunidades de Maria da Graça e Higienópolis. Isso sem mencionar o fato de se botar quase duzentos profissionais de educação na lista de desempregados, num momento em que a crise mundial atinge, em cheio, o nosso país.

Esperamos, contudo, que os senhores herdeiros – que não parecem preocupados com as famílias que sofrem com esse processo de disputa e ódio – estejam, pelo menos, sensíveis à situação de quase dois mil alunos que estarão sem escola a partir do mês de dezembro, quando já estarão fechadas as matrículas nas Escolas Públicas e quando não haverá mais vagas nas poucas escolas privadas da região.

O instituto vinha sendo siteistrado judicialmente, há um ano, pelo senhor Felipe Campelo e um excelente grupo de coordenadores e, principalmente, um corpo docente que se mostrou dedicado tanto à luta por seus direitos quanto à reconstrução pedagógica e resgate da credibilidade do IEIC.

Entendemos que essa decisão – que caiu como uma bomba sobre as pretensões dos professores e equipe pedagógica, para 2016 – não levou em consideração o esforço de todos para recuperar os alunos, perdidos em 2014, e o importante papel social dos projetos da instituição na formação e encaminhamento de quase dois mil jovens e crianças das comunidades de Maria da Graça e Higienópolis. Isso sem mencionar o fato de se botar quase duzentos profissionais de educação na lista de desempregados, num momento em que a crise mundial atinge, em cheio, o nosso país.

Esperamos, contudo, que os senhores herdeiros – que não parecem preocupados com as famílias que sofrem com esse processo de disputa e ódio – estejam, pelo menos, sensíveis à situação de quase dois mil alunos que estarão sem escola a partir do mês de dezembro, quando já estarão fechadas as matrículas nas Escolas Públicas e quando não haverá mais vagas nas poucas escolas privadas da região.

Entendemos que essa decisão – que caiu como uma bomba sobre as pretensões dos professores e equipe pedagógica, para 2016 – não levou em consideração o esforço de todos para recuperar os alunos, perdidos em 2014, e o importante papel social dos projetos da instituição na formação e encaminhamento de quase dois mil jovens e crianças das comunidades de Maria da Graça e Higienópolis. Isso sem mencionar o fato de se botar quase duzentos profissionais de educação na lista de desempregados, num momento em que a crise mundial atinge, em cheio, o nosso país.

Esperamos, contudo, que os senhores herdeiros – que não parecem preocupados com as famílias que sofrem com esse processo de disputa e ódio – estejam, pelo menos, sensíveis à situação de quase dois mil alunos que estarão sem escola a partir do mês de dezembro, quando já estarão fechadas as matrículas nas Escolas Públicas e quando não haverá mais vagas nas poucas escolas privadas da região.

Esperamos, contudo, que os senhores herdeiros – que não parecem preocupados com as famílias que sofrem com esse processo de disputa e ódio – estejam, pelo menos, sensíveis à situação de quase dois mil alunos que estarão sem escola a partir do mês de dezembro, quando já estarão fechadas as matrículas nas Escolas Públicas e quando não haverá mais vagas nas poucas escolas privadas da região.