Mobilização por melhores condições de trabalho e saúde dos professores em Campo Grande

Notícias

No último dia 27, o Sinpro-Rio esteve presente no calçadão de Campo Grande, reivindicando melhores condições de trabalho e saúde para a categoria. A população foi conferir as denúncias e as exigências dos professores, dentre elas o número excessivo de alunos em sala de aula, a difícil negociação com o patronato na Campanha Salarial de 2009, a luta por um calendário único e pelas férias em janeiro, entre outras.

Com o apoio do Centro de Estudos e Divulgação das Culturas Negras (Cedicun) e do Movimento Cultural de Campo Grande, a mobilização contou com as presenças de Darby Igayara, representante da CUT-RJ; de representantes da Copap, nas figuras das diretoras Adalgiza Burity, Mariza Muniz e Leila Azevedo, além dos aposentados sempre presentes nas lutas do sindicato; e dos diretores Afonso Celso Teixeira, Afonso Maria Furtado, Águida Cavalcanti, André Marinho, Antonio Rodrigues, Celeste Morgado, Dilson Ribeiro, Glenio do Nascimento, Ireni Felizardo, José Angelo de Souza, José Cloves Praxedes, Maria do Céu Carvalho, Olney Almeida, Vânio Lenzi, Vera Câmara, Viviane Siqueira e Wanderley Quêdo.

Confira aqui algumas fotos e aqui o vídeo da mobilização