NOTA DE REPÚDIO ÀS DEMISSÕES NA UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ

Destaque na primeira pagina, Notícias
NOTA DE REPÚDIO ÀS DEMISSÕES NA UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ


O Sepe/Núcleo Santo Antônio de Pádua repudia as demissões em massa, de cerca de 1200 docentes, ocorridas neste mês de dezembro de 2018, na Estácio de Sá.
Esta prática tem sido recorrente nesta universidade, historicamente, o que causa profunda insegurança e instabilidade ao seu corpo docente como um todo.
A Estácio de Sá é uma das grandes empresas que disputam o mercado educacional do Brasil. A empresa justifica mais esta demissão em massa como sendo um "processo natural de uma instituição de ensino, que periodicamente precisa rever a sua base de docentes, adequando-a às necessidades do mercado, demandas de cursos e às particularidades das praças em que atua". Ao contrário de tal alegação, consideramos que esta prática representa o total alinhamento com a atual política de rupturas com nossas conquistas históricas - sociais, trabalhistas e previdenciárias.
O Sepe / Núcleo de Pádua, se solidariza com os docentes em processo demissionário e com o SinproRio, que tem encaminhado as negociações, ora rompidas pela empresa.
Docentes das universidades públicas e privadas, tanto quanto das escolas do ensino básico das redes públicas e privadas, devem manter-se em estado de alerta frente às ameaças já em curso e outras, como à estabilidade dos servidores públicos, fechamento de escolas, aumento de carga horária, precarização do trabalho etc.
Nos solidarizamos ao SinproRio na luta pela reintegração dos demitidos e da mobilização da categoria dos trabalhadores de educação.