O Colégio 1º de Maio perde mais uma vez na Justiça Trabalhista

Notícias

O Colégio 1º de Maio foi condenado, em ação movida pelo Sinpro-Rio, ao pagamento e depósito do FGTS de seus professores na forma da lei. A sentença obriga o colégio a recolher os valores vencidos e vincendos, sob pena de multa na hipótese de descumprimento.