Professores da Gama Filho ficam parados até 22/06

Diante do não pagamento dos salários de abril, maio e o não posicionamento da UGF até o dia 18/06, os professores decidiram, em Assembléia, que:

– a paralisação continua até o dia 22/06 (sexta-feira), não havendo aplicação de GQ3 (prova final), aguardando uma posição da reitoria;

– acontecerá uma Assembléia no dia 21/06 (na sala dos professores do prédio DI), às 8h, para decidir os rumos do movimento;

– serão mantidos os seguintes serviços essenciais: – orientação e banca de TCC; – atendimento à comunidade; – eventos e atividades que envolvam outras instituições.

O Sinpro-Rio e ADGF estarão buscando uma audiência junto ao reitor, para tentar solucionar os problemas.

<- Voltar

Diante do não pagamento dos salários de abril, maio e o não posicionamento da UGF até o dia 18/06, os professores decidiram, em Assembléia, que:

– a paralisação continua até o dia 22/06 (sexta-feira), não havendo aplicação de GQ3 (prova final), aguardando uma posição da reitoria;

– acontecerá uma Assembléia no dia 21/06 (na sala dos professores do prédio DI), às 8h, para decidir os rumos do movimento;

– serão mantidos os seguintes serviços essenciais: – orientação e banca de TCC; – atendimento à comunidade; – eventos e atividades que envolvam outras instituições.

O Sinpro-Rio e ADGF estarão buscando uma audiência junto ao reitor, para tentar solucionar os problemas.

<- Voltar