Professores da Gama Filho paralisam suas atividades dia 18/03

Notícias

A UGF, mais uma vez, volta à prática de desrespeito à legislação trabalhista e educacional descumprindo, inclusive, compromissos firmados perante seu corpo docente.

Professores e funcionários, após receberem os salários de janeiro de forma parcelada, não têm perspectivas de recebimento do mês de fevereiro. Isto sem considerar o 13º salário de 2007, com promessas de parcelamento em 5 vezes, mas sem qualquer manifestação de data de pagamento.

A construção de um ensino de qualidade é um compromisso histórico dos professores da UGF. Não podemos permitir que com a falta de salários e condições de trabalho a instituição ponha em risco tal compromisso.

O momento exige uma posição que manifeste, de forma incisiva, nosso inconformismo com a falta de cumprimento das obrigações trabalhistas por parte da UGF.

Diante disso, em assembléia realizada no dia 05 de março, os professores decidiram por:

- paralisar suas atividades pedagógicas, sem assinatura de ponto, na próxima terça-feira, dia 18 de março;
- realizar assembléia, às 11 horas do mesmo dia, com o objetivo de avaliar coletivamente a crise que parece novamente se abater sobre a instituição e deliberar sobre os rumos do movimento

Assembléia Geral de Professores - Campus Piedade, dia 18 de março, às 11 horas.

Neste dia não haverá aulas.