Sinpro-Rio é chamado pelo MPT a contribuir em ação coletiva contra Estácio/ Grupo Yduqs

O Sinpro-Rio teve ciência que professores e professoras denunciaram a Estácio/Yduqs ao Ministério Público do Trabalho (MPT). Eles/as narraram a exigência de trabalho excessivo, notadamente aos finais de semana e férias.

Com isso, o Ministério Público solicitou ao Sinpro-Rio que colaborasse na apuração das denúncias.

Portanto, professor/a, caso você trabalhe nos finais de semana ou férias, ministrando aulas ou respondendo às dúvidas dos estudantes, encaminhe seu relato para o e-mail juridico@sinpro-rio.org.br ou whatsapp do Departamento Jurídico: (21) 99580-2910.

O SINPRO-RIO GARANTE O SIGILO DA INFORMAÇÃO. Repassaremos ao Ministério Público, apenas, o relato do professor e da professora, sem mencionar nome, matrícula ou e-mail.

<- Voltar