Sinpro-Rio orienta que se mantenha o uso de máscaras

O Sinpro-Rio recebeu com muita atenção e preocupação a notícia do novo decreto da prefeitura do Rio de Janeiro sobre a liberação do uso de máscaras pela população, em locais abertos e fechados.

Apesar de ser uma orientação do comitê científico da Prefeitura, o sindicato entende que ainda temos que ter todos os cuidados para evitar a contaminação pelo coronavírus e a disseminação da Covid-19, sendo, de acordo com a Ciência, o uso de máscaras uma das formas mais eficazes de seu controle.

Sabemos que a vacinação e os baixos índices de transmissão levaram a essa decisão, mas ainda temos que avaliar o resultado do período de Carnaval que, mesmo sem a tradicional folia oficial, teve aglomerações em vários locais da cidade.

Por isso, entendemos como prudente a orientação de que o uso de máscara nas escolas e locais fechados em geral ainda seja necessário. Várias escolas estão, de forma responsável, orientando a manutenção do uso das máscaras.

Os cuidados sanitários básicos ao enfrentamento da Covid-19 não podem ser suprimidos pela suposta sensação de tranquilidade que o momento de agora pode sugerir.

Sendo assim, o Sinpro-Rio orienta que os profissionais tenham seu direito de manter o uso de máscaras em sala de aula ou em qualquer lugar que achem necessário.

O sindicato, que sempre lutou desde o início da pandemia pela preservação da vida e dos direitos dos trabalhadores da educação, continuará se pautando por esta conduta e se coloca à disposição de todos os professores e professoras que sintam que seu direito de preservação da saúde e da vida esteja afetado.

Sinpro-Rio, em defesa da vida e da educação.

<- Voltar