Sinpro-Rio solicita antecipação das Negociações Coletivas 2011

Notícias

O Sinpro-Rio solicitou ao sindicato patronal (Sinepe-Rio) a antecipação das negociações coletivas 2011. A iniciativa foi motivada pela necessidade de sintonizar as nossas reivindicações, principalmente as salariais, com o período de confecção das planilhas das escolas, entre outubro e novembro. Esta medida está em consonância com a orientação da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Contee), para todos os Sinpros do Brasil filiados à entidade em seu último Seminário de Campanha Salarial, em junho, em São Paulo.

A proposta do Sinpro-Rio é alinhar as negociações coletivas da categoria com a época de planejamento das escolas, qualificando e otimizando as paritárias. "Observamos que, com a estabilidade econômica, vivida pelo país nos últimos anos, as escolas passaram a fazer suas planilhas de custos antecipadamente, em outubro, para o ano seguinte. Este é, portanto, o momento para fazermos as negociações", afirmou o diretor do Departamento Jurídico, professor Márcio Fialho. A data-base da categoria é 1º de abril.

Fazem parte da pauta preliminar de negociações:

- Reajuste salarial com base no Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC) completo, acrescido de ganho real;

- Aumento diferenciado para os pisos salariais em todos os níveis;

- Calendário-base escolar 2011;

- Manutenção das cláusulas sociais pré-existentes;

- Cláusulas sobre Condições de Trabalho e Saúde do Professor.

Seguindo este calendário antecipado, em novembro, os professores definirão, nas assembleias convocadas pelo Sinpro-Rio, a pauta completa de reivindicações de 2011 e decidirão sobre seus reajustes para o próximo ano.