UCB: professores/as rejeitam proposta da IES e mantém estado de greve

Postado: quarta-feira, 24 abril , 2019

Reunidos em assembleia no dia 17 de abril, os/as docentes da Universidade Castelo Branco (UCB) rejeitaram, por unanimidade, a proposta financeira apresentada pela reitoria da IES.

Como contraproposta, a categoria pleiteia o pagamento dos salários correspondentes aos meses de fevereiro e março/19, integralmente, até o dia 10 de maio.

Os professores e professoras realizarão uma paralisação de suas atividades no dia 13 de maio, segunda-feira, com assembleia às 17h30, na entrada da unidade Realengo; quando será abordada, entre outras possibilidades, a deflagração de greve.